29 de janeiro de 2009

Há coincidências

Ele dá conta das manhãs, eu das tardes. Sempre ao domingo. Ele trabalha no andar de baixo, eu no de cima. Ele percebe de carros, eu de barrigas. Ele conhece sempre as músicas novas, eu nem por isso. Ele sabe o que é o Twitter, eu nem por isso. Ele gosta das manhãs, eu das tardes. Não somos muito originais a escolher nomes para blogues, mas é uma coincidência gira, mesmo gira.

1 comentário:

Sunday Morning disse...

eu não acreditava em bruxas, nem em fantasmas.