23 de janeiro de 2009

Vicky Cristina não sei das quantas

É pá, não vou! Desculpem, mas não vou. NÃO VOU!

Duas horas a olhar para Penelope Cruz e para a Scarlet Johansson?! Tipo, não podia ser uma beldade, tinham de ser logo duas? Estas duas??
E eu ali, com os meus oculitos, a minha roupita, a minha pessoa, a olhar para elas? Era o que faltava. E elas disfarçam pouco, disfarçam. "Não sou nada um grande naco, pois não? E este olhar profundo? E este sorriso perfeito? E estes lábios? E este cabelo?"

Por amor da santa. Há limites. Uma pessoa depois tem de continuar a viver com a fronha que o Altíssimo lhe deu.

5 comentários:

Jessica disse...

Pior é nem saber de que raio estás a falar...

Sita disse...

Pois se queres que te diga não percebo o fascínio pela Scarlett (um bocado 'teen princess redneck' do Alabama e pela Penélope (a irmã dela, a Mónica, é que é um mulherão!)
Vai ver o filme, miúda. Podes sempre fechar olhos e ouvidos às meninas e catrapiscar os abdominais e o «feio-bonito-gostamos de homens com cara de homem» do Bardem...

Jo disse...

É o novo filme do teu amigo Woody, boneca.

Sunday Morning disse...

quando tinha 15 anos também não percebia o que é que as raparigas da minha idade viam no di caprio...

Teresa Domingues disse...

tem toda a razão ...
;)

bjinho